15.6.08

"TO BE MYSELF" (it’s all I can do)*

Living within a revolution of the heart,
I keep on trying to be myself.
I keep on trying like nobody else.

No fim do dia, acabo sempre surpreendida por continuar viva.
Ser quem sou. O que significa realmente sermos nós próprios?
Todos os dias são únicos. Não existem dois dias iguais. Onde reside a nossa essência? A nossa coerência?
As nossas reacções às solicitações do mundo têm possibilidades infinitas.
Tudo se resume à nossa capacidade de filtrar o que vamos assimilando e absorvendo do mundo exterior que nos bombardeia constantemente com informação, e também o que vem do mais íntimo da nossa alma, que a cada momento nos surpreende e condiciona a vida.
E como é que uma pessoa consegue sobreviver a todas estas solicitações e condicionamentos, se não tiver alguém com quem partilhar e dividir o fardo?

“I get by with a little help from my friends.”
…’cause inside you’re ugly just like me, and I can see through you and see the real me.

Partilhamos a mesma visão, só lhe damos nomes diferentes. E no final do dia o que permanece é a essência, não a pele.

Obrigada M.A.C.C.

*Audioslave

10 comentários:

Vyolet disse...

Obrigado por dividires a tua essencia comigo...
beijos NR

furby disse...

kah toh-loo oo-nye noo-lah
dah may-lah oo-nye
ee-day way-loo

Always disse...

Faço minhas as palavras da Vyolet: obrigada pela generosidade com que partilhas a tua essência,

Um abraço

whitesatin disse...

Vyolet,

nem tens que agradecer, tu me conheces melhor que ninguém :)

Beijo grande

whitesatin disse...

Furby,

kah toh-loo u-nye o-kay
dah may-lah

;D

whitesatin disse...

Always,

my dearest friend.
A tua amizade e o teu carinho marcam a diferença :)

Um grande abraço

Only Words disse...

A amizade é dos conceitos mais mutáveis que conheço. E porquê? Porque nem todos atribuem a mesma importância a este substantivo abstracto. No teu caso, vejo que te sentes rodeada de pessoas em quem confias, que te ajudam a “carregar” o tal “fardo” que mencionas. É muito bom ter pessoas assim na nossa vida, é a prova que não somos só matéria que vagueia por aí, por entre a multidão fútil que parece proliferar a cada dia que passa.

Até breve, na companhia de gente boa!

RV disse...

q texto tão verdadeiro na sua essência, pelo menos p mim e na forma de vêr as coisas, e é tudo tão mais simples assim...

whitesatin disse...

Only words,

a amizade que se cria entre as pessoas parte sempre da predisposição individual das partes. Se acontecer essa sintonia, o processo de confiança acontece naturalmente. Depois torna-se simples cultivar e manter. Tu (e não só) deste-me uma prova de amizade inesperada num momento complicado, que eu jamais esquecerei.
Ainda bem que primamos pela diferença ;)

Bjs

whitesatin disse...

RV,

...tão mais simples... :)

Quando se cultiva a simplicidade a vida torna-se muito mais leve.

Bjs